Apesar de ter me convertido em 1995, algo especial na minha vida com Deus começou a acontecer no ano de 2001.

Senti que não era eu quem estava buscando ao Senhor… mas Ele estava me buscando, me perseguindo com Sua presença… Ele veio com força e arrebatou meu coração! Que tempo maravilhoso! Parecia que tudo ao meu redor exalava Deus e seu perfume, Sua alegria.

Junto comigo muitos foram contagiados por essa presença que chegou e não foi mérito de ninguém… Deus decidiu se revelar a nós.

Muitas manifestações sobrenaturais começaram a acontecer em meio à adoração, muitas curas, libertações, salvação…

Junto com todo esse sentimento de paixão por Jesus, essa descoberta do sobrenatural na adoração, nas curas, veio ao nosso coração uma certeza de que somos uma geração especial, com a função de clamar pela vinda do Reino de Deus à Terra e preparar o caminho do Senhor. Nós somos essa geração…

Porém não sabíamos que até que isso aconteça há um tempo de espera. Há um tempo onde o Pai está nos ensinando princípios, como fazer o que Ele quer que façamos, como sermos guiados pelo Espírito Santo, aprender a obediência… e isso leva TEMPO!

Estamos em 2009, passaram-se mais ou menos 8 anos desde que o Senhor me despertou profundamente e começou a falar que está próximo o Reino de Deus.

Nós como filhos fomos levados ao deserto. Aquele tempo de paixão extravagante e gargalhadas deu lugar a um tempo de aprendizado, de sentar para ouvir, de ter todas os pecados e mazelas tratados e durante esse período nem sempre estamos sorrindo. Muitas vezes esse tempo é marcado pelo choro. Mas não muda o fato de que Deus nos ama e nós o amamos profundamente.

Tenho certeza de que estamos como Jesus, que aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu(Hb 5:8).
Aos 12 anos de idade Jesus começou a entender quem ele era no reino de Deus e vemos isso quando ele falou para Maria que importava estar na casa de seu Pai (Lc 2: 40 – 52). Depois desse relato, nada mais foi falado sobre a vida de Jesus durante sua juventude.

Você já parou pra pensar o que Jesus fez aos 15 anos? Aos 18 anos? Aos 25, 27 anos? Hehehe..
Depois desse acontecimento aos 12 anos, a bíblia só torna a falar de Jesus quando este tinha 30 anos e se manifestou ao mundo! Ou seja.. dos 12 aos 30 anos Jesus estava sendo preparado por Deus para se manifestar ao mundo e com certeza durante esse tempo de aprendizado Jesus sabia quem ele era… o cordeiro de Deus, o filho de Deus, Pão da vida, Luz do mundo… mas foram 18 anos de espera… de deserto… talvez de silêncio.

Escrevo a todos aqueles que foram despertados por Deus junto comigo, antes de mim e depois de mim. Não pense que aquilo que aconteceu na sua vida foi só emoção, como muitos tem pensado. Aquele foi um tempo de despertamento e quem correspondeu ao despertamento está agora sendo preparado como filho de Deus para se manifestar ao mundo.

Talvez você não esteja sorrindo muito nesse tempo, nem “caindo no poder” como antes, porque o Pai está mexendo nas suas estruturas, te fazendo aprender a obediência e muitas vezes esse caminho é doloroso. Mas permaneça! Não fuja do tratamento de Deus! Não deixe que o tempo de espera te faça sair do caminho que o Pai propôs a você. Se teu coração está esfriando.. volta ao primeiro amor, às primeiras obras!! E receberemos a recompensa do Senhor, comeremos da árvore da vida (Ap 2:1 – 7).

Muitos têm agora se alimentado da árvore do conhecimento e têm morrido em seus próprios conceitos, “achismos” e opinião.. mas àqueles que permanecem no primeiro amor e praticando as primeiras obras.. a esses é dado comer da árvore da vida, que nos mantêm alimentados através de uma fonte inesgotável, de onde flui a vida de Deus.

Passe pelo tempo da espera, da gestação… não aborte o que Deus começou a fazer em você. Se submeta em amor!

Paz.

Carolina Lannes
http://www.carolinadejesus7.blogspot.com/

Anúncios